RNP - Rede Nacional de Ensino e Pesquisa

english | español


 

 
P&D 
 

Gerenciamento de redes avançadas



GigaIQoM - Infra-estrutura de Medições para a Rede Giga

Coordenador: José Augusto Suruagy Monteiro
Instituição proponente: Universidade Salvador (Unifacs)
Categoria orçamentária: até R$ 500.000,00

Resumo do subprojeto

Apesar das grandes taxas de transmissão alcançadas em redes de alto desempenho, tais como a rede do Projeto GIGA, ainda assim há a necessidade de se monitorar a utilização da rede com a finalidade de se garantir o desempenho adequado, sobretudo para as aplicações mais exigentes de tempo real. Para esse fim, devem ser medidos parâmetros de desempenho tais como o atraso unidirecional, taxa de perdas e largura de banda disponível.

Neste projeto serão desenvolvidas algumas ferramentas e implantadas outras já disponíveis, criando-se assim uma infra-estrutura de medições que dará suporte à monitoração e configuração da rede essenciais para atender à QoS esperada pelas aplicações avançadas (e.g. grid, videoconferência, VoIP, etc.) a serem experimentadas na rede do Projeto GIGA.

As técnicas de sistemas de coordenadas para representar atrasos constituem-se num assunto muito atual no momento e importantes para as aplicações experimentadas no projeto Giga.

As ferramentas para o agendamento de testes também se constituem num assunto bastante atual e podemos contribuir, portanto com o avanço na tecnologia disponível.

Complementando as ferramentas de medição, será implementado um gerador de tráfego sintético para altas velocidades. Suas facilidades e limitações serão avaliadas. Pretende-se que esse gerador possa ser utilizado para testes da rede, das próprias ferramentas de medição e também na avaliação de novos protocolos de transporte para redes de GIGABIT.

Serão ainda avaliadas metodologias que visem facilitar o processo de alocação de caminhos e largura de banda.

Resumindo, os objetivos deste subprojeto são os seguintes:

  • Implantação de uma infra-estrutura de medições passivas;
  • Implantação de uma infra-estrutura de medições ativas;
  • Implantação de um serviço de estimativa de atrasos e criação de mapas topológicos de rede;
  • Desenvolvimento e implantação de ambiente para o agendamento de testes e aconselhamento sobre o estado da rede para a execução de aplicações avançadas;
  • Implantação de Portal (“Observatório da Rede GIGA”) com os resultados das medições de fluxos e ativas;
  • Desenvolvimento de Web Services que permitam às aplicações cliente recuperarem o estado da rede corrente ou em momentos pré-determinados (agendados);
  • Geração de tráfego sintético para testes de desempenho para aplicações avançadas;
  • Avaliação de metodologias para facilitar a alocação de caminhos e largura de banda;
  • Estudo e proposição de Protocolos de Transporte alternativos ao TCP.

topo


Caravela - Contratos para Aplicações em Redes de Alta Velocidade

Coordenador: Orlando Gomes Loques Filho
Instituição proponente: Universidade Federal Fluminense (UFF)
Categoria orçamentária: até R$ 300.000,00

Resumo não divulgado

topo


GigaMan P2P - Infra-estrutura Peer-to-Peer para Gerenciamento de Redes Ópticas

Coordenador: Lisandro Zambenedetti Granville
Instituição proponente: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Categoria orçamentária: até R$ 300.000,00

Resumo do subprojeto

Gerenciar uma rede óptica envolve não apenas a monitoração e configura-ção de dispositivos, mas também o suporte à cooperação entre administra-dores de domínios administrativos diferentes e a disponibilização de ser-viços de gerenciamento aos usuários da rede. Tecnologias Peer-to-Peer (P2P) permitem grande cooperação entre seus usuários, mas até hoje tais tecnologias não foram investigadas como ferramentas para o gerenciamento de redes ópticas. O projeto GigaMan P2P tem como objetivos projetar, im-plementar e implantar um sistema de gerenciamento de redes utilizando tecnologias P2P para disponibilizar serviços aos administradores da rede do Projeto GIGA, assim como aos usuários da rede e suas aplicações.

O conjunto de nodos do sistema P2P de gerenciamento se constituirá em uma camada intermediária entre os dispositivos da rede óptica e os processos de gerenciamento de redes. Tal camada intermediária será capaz de tradu-zir solicitações de serviços de gerenciamento em ações de monitoração e configuração dos dispositivos. Ao final do subprojeto, espera-se determi-nar quão efetivo é o uso de tecnologias P2P no gerenciamento de redes óp-ticas.

O software dos nodos que compõem o sistema P2P pode ser mais facilmen-te alterado que o software dos dispositivos físicos de rede. Com isso, abordagens de gerenciamento consagradas na comunidade de pesquisa poderão ser avaliadas na prática introduzindo suporte às mesmas nos nodos P2P do sistema de gerenciamento. Especificamente, serão investigadas as seguin-tes abordagens e soluções de gerenciamento: agentes móveis, gerenciamento baseado em políticas, rerroteamento, e gerenciamento por delegação de scripts.

Tradicionalmente, serviços de gerenciamento são oferecidos pelos sistemas apenas aos administradores de rede. Atualmente , existe também a necessi-dade de se pesquisar a disponibilização de serviços de gerenciamento a usuários convencionais e suas aplicações. Espera-se com isso liberar o administrador de certas tarefas que passariam a ser executadas pelos pró-prios usuários. Exemplos de tais tarefas são: reserva de banda para transferência de tráfego multimídia, escolha de rotas no nível de aplica-ção, e monitoração de QoS fim-a-fim. No projeto estas questões serão in-vestigadas através de uma abordagem onde os nodos do sistema P2P de ge-renciamento oferecerão serviços de gerenciamento a administradores (como acontece tradicionalmente), mas também oferecerão um subconjunto desses serviços à usuários e aplicações, através de interfaces Web e Web Servi-ces respectivamente. Ao final, espera-se avaliar quais as vantagens e im-pactos da disponibilização de serviços de gerenciamento a usuários e aplicações.

topo


Agentes Inteligentes Aplicados ao Roteamento e Predição de Falhas em Redes Ópticas

Coordenador: Antônio Mauro Barbosa de Oliveira
Instituição proponente: Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (Cefet-CE)
Categoria orçamentária: até R$ 100.000,00

Resumo não divulgado

topo